Se não der no voto, dá no golpe

Quem nao se lembra do impeachment do presidente de Honduras, Manuel Zelaya e mais recentemente a destituicao do presidente do Paraguai, Fernando Lugo. Os dois episódios tiveram a mão forte da Suprema Corte dos respectivos países e os “golpes” tiveram o apoio mais que imediato dos Estados Unidos da América.

Depois de anos expoliando a América Latina (e ainda continuam), os EUA viram vários governos de esquerda e centro-esquerda serem eleitos e os povos latinos, capitaneados por Lula, Chaves e Evo Morales, levantando as cabecas e discutindo de igual para igual.

Ainda que os Estados Unidos digam que defendem a democracia, a democracia que defendem é a que interessa para eles, e ainda que em crise, eles não estao mortos e montam suas estratégias para reverter essa ordem e voltar a ter a América Latina como seu quintal.

Essa estratégia passa pelo judiciário, pelos partidos de oposicão conservadores e pela grande imprensa, empresas com fins lucrativos, pertecentes a um grupo pequeno de familias.

Dentro dessa ordem de idéias e fatos, podemos imaginar que o processo do “mensalão”, visto que ele ocorreu dentro do período das eleicões (para prejudicar o PT) e sobre forte pressão da grande imprensa, foi uma tentativa de “cutucar” o governo petista com vara curta, buscando um confronto do executivo com o judiciário, para assim, arrumar um pretexto para um golpe.

Quem não estranhou o silêncio do PT, o silêncio do Lula e a busca por uma não confrontacão.
Quem nao estranhou a união dos juizes com apenas uma voz discordante numa condenacão sem provas…

A América latina é uma zona de turbulências e podem ter certeza que mais chumbo virá. Se não der no voto, dá no golpe.

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter
This entry was posted in generalidades. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


9 − = três

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>