OLHO D’ÁGUA

OLHO D’ÁGUA                                                                                                                                                                    Sérgio Neves/Rubens dos Santos

Olho d’água

Naveguei como um pássaro

num quadro de céu azul

e vi nas estrelas teus olhos a olho nú

Então aportei no final do infinito

quando me dissestes teu amor quase num grito

Fiquei tão contente cheio de paixão

que nasceu um olho d´água no meu coracão

prá matar a minha sede na seca da solidão.

 

Share this:
Share this page via Email Share this page via Stumble Upon Share this page via Digg this Share this page via Facebook Share this page via Twitter
This entry was posted in generalidades. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


− 2 = dois

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>